O retorno do eterno

Intervalo - Downtime #1

A taverna "Caneca do Bardo"

07/10/1479

Ao retornarem de Sigil, os personagens encontram uma pequena fortaleza no lugar onde estava o velho casarão que ganharam do conde Dariel. Após bate-boca com os guardas, encontraram Lucas, que nomeou a lugar como “Caneca do Bardo”. Ficou esclarecido que passaram 2 meses fora (provavelmente o tempo passa mais devagar no Carceri ou em Sigil). E que deu muita sorte de encontrar uma equipe de anões construtores de Mirabar ociosos na cidade, então conseguiu os materiais e a mão de obra por um preço bem mais baixo.

A fortaleza conta com uma taverna no nível térreo, uma taverna subterrânea especialmente decorada para anões, uma estalagem, uma loja, oficina de ferraria e carpintaria, um quartel para 40 soldados/empregados, e uma casa exclusiva dos personagens, com quartos e oficinas apropriadas para cada classe.

Após 2 dias descansando e conhecendo a nova casa e os empregados, Lucas anunciou que estaria indo embora para Baldar’s Gate sem previsão de volta, “assuntos Harpistas” ele disse.
Assim, passou-se um mês de Downtime, com as seguintes atividades:

Brador:
Reformar o Templo de Moradin,
Atuar nas atividades do Templo,
custo: 1gp/dia: 2 clérigos, 2 acólitos

Templo se pagou e gerou 25 gp.

Telbor:
Pesquisar Dungeons e organizações perigosas da região. Resultados:
-Cultistas diabólicos falaram sobre um lugar de poder no coração da floresta neverwinter
-Mapa com a entrada de Gauntlygrim
-Nethereses estão perto de achar Ilyaburien
-Dragão sobrevoando o Mere of the dead man.
-Mês passado um kraken saiu voando pela fenda.

Drugo e Sulon:
-jardinagem e sparring.

Thorin:
-Crafting. Resignado por ver seus amigos presos na fortaleza do colecionador.

Nathaniel:
-Administrou a Taverna, conseguiu gerar 500 gp de lucro além dos custos.

Comments

diogo007

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.